Gravidez

Grávida e praticando yoga: Tente e aproveite os benefícios!

Você está grávida e quer evitar o sedentarismo durante esse período especial da sua vida? Um dos exercícios mais indicados para gestantes é a prática da yoga, uma atividade física relaxante e de baixa intensidade, ideal para gestantes.

Conheça alguns dos muitos benefícios dessa atividade para o período de gravidez:

Melhor período para perceber as mudanças do corpo

A yoga é um exercício que nos aproxima ainda mais de nossos movimentos e funcionamento corporal. Como a gestante passa por transformações intensas e contínuas, tanto no seu corpo, quanto na mente, esses exercícios podem ajudar a mulher a perceber melhor e valorizar essas mudanças, aproveitando ainda mais esse momento especial.

Alongamento e tonificação muscular

Engana-se quem acha que a yoga não é um exercício importante para a tonificação muscular. As posturas executadas nessa prática ajudam as futuras mamães a fortalecer a musculatura para receber melhor o feto e ajuda também no alongamento de articulações e outras regiões. A yoga facilita ainda a circulação sanguínea — que pode ser dificultada com o avanço da gestação — e mantém o organismo ativo, evitando o sedentarismo e ajudando a mulher a se adaptar melhor a todas as suas mudanças físicas.

Educação postural para a nova forma física

A gestante encontra um ponto de equilíbrio quando coloca sua musculatura e sua coluna para funcionar corretamente e a yoga ajuda muito a encontrar a melhor postura possível para se adequar ao aumento contínuo da barriga. Alguns médicos afirmam que somente a prática da yoga pode contribuir para melhorar as lombalgias e outras dores musculares e posturais frequentes nas futuras mamães.

Diminuição dos inchaços

Como a yoga trabalha com exercícios de respiração rápida e concentrada, a circulação do sangue no corpo tende a melhorar, fazendo com que os rins trabalhem mais e eliminem edemas nos membros superiores, inferiores e até no rosto.

Controle do estresse e da tensão

A yoga é, naturalmente, um exercício de relaxamento, que pode ajudar a mulher a controlar melhor os turbilhões hormonais da gestação, tornando essa fase da vida um pouco mais suave.

Melhor preparo para o parto

A relação criada entre você e seu corpo durante a prática da yoga é uma importante aliada para que o momento do parto ocorra com mais naturalidade. Nas sessões de yoga, o instrutor pode ajudar a gestante a escutar o próprio corpo e controlar melhor as contrações, trabalhando a saída do bebê de uma maneira mais suave e menos dolorida. Trabalhar esses sentimentos durante as sessões de yoga pode levar uma mãe mais relaxada para a maternidade ajudando até na opção por um parto normal ou humanizado, ao invés da tradicional cesariana.

Melhor recuperação corporal no pós-parto

Gestantes que praticaram yoga antes do nascimento da criança costumam apresentar menos problemas relacionados ao período pós-parto, como a depressão ou a dificuldade de controle do peso. Isso acontece por causa da relação que a yoga cria entre a mulher, sua mente e seu corpo, permitindo que ela entenda melhor cada processo que acontece após o nascimento da criança.

Para usufruir de todos esses benefícios durante a gestação, basta que se pratique yoga pelo menos duas vezes na semana, dedicando-se também a pequenas sessões de 10 ou 15 minutos nos dias de intervalo, para não perder a prática.

Você já conhecia a yoga antes? Viu como ela pode melhorar a experiência da gravidez? Deixe um comentário e nos conte sua história!

Categorias: Gravidez , Saúde na gravidez

Tags: ,

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Dra. Juliana Torres Alzuguir Snel Corrêa

    Dra. Juliana Torres Alzuguir Snel Corrêa

    (CRM: 5279398-1)
    Residência Médica em Ultrassonografia Obstétrica e Geral;
    Ginecologia Infanto Puberal (criança e adolescente);
    Atua como ginecologista obstetra há 12 anos.

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.