Criança

Conheça algumas brincadeiras simples e fáceis para crianças e bebês

Infância. Essa é mesmo uma fase inesquecível de nossas vidas. Tudo é novo e a magia da descoberta ocorre todos os dias. E grande parte dessas descobertas acontece em meio a brincadeiras e traquinagens, afinal, não há criança que resista a uma boa diversão.

Como você pode perceber, brincar é mesmo uma coisa muito séria. Aliás, as brincadeiras costumam ser benéficas para o desenvolvimento físico e cognitivo. Por isso mesmo, os pais devem encarar essa como uma importante atividade para o desenvolvimento das crianças e bebês e, sempre que possível, se envolver e participar dessa interação.

Se você concorda com tudo que já foi dito até aqui e ainda por cima adora curtir esses momentos com seu filho, acredite: o artigo de hoje está repleto de dicas para você. Preparamos um material rico, cheio de opções de brincadeiras para te ajudar a fazer dos momentos de diversão com o seu filho verdadeiros instantes de aprendizado. Tudo, é claro, de uma forma bem lúdica e divertida. Confira!

Brincadeiras para bebês de 0 a 6 meses

Nessa fase o bebê é muito pequenininho e ainda está descobrindo o mundo. Apenas com 2 meses ele aprende a focalizar objetos e só aos 3 meses é que começar a ter a noção da existência de suas mãos e perninhas. Por isso, nessa fase as brincadeiras são muito voltadas à percepção corporal e ao desenvolvimento sensorial. Confira!

Observar o espelho

Pode parecer uma brincadeira boba, mas acredite: o seu baby vai adorar.

Nessa idade, os pequenos ainda não têm noção de que aquela imagem é o reflexo dele próprio. Então, pare com ele em frente ao espelho e simplesmente deixe-o observar sua própria imagem. Isso estimulará sua percepção de corpo e espaço.

Depois estimule-o com sons e caretas. Eles costumam adorar essa brincadeira e as gargalhadas são praticamente garantidas.

Incentivar a musicalidade

A depender do tipo e do volume, a música pode trazer diversos benefícios para o seu bebê.

As músicas clássicas, por exemplo, quando introduzidas na rotina do sono, podem provocar um excelente efeito relaxante. Já as tradicionais cantigas de roda, cantadas a um volume suave durante os momentos de alerta, associadas a gestos e movimentos, estimulam os sentidos do bebê.

Por isso, cante (e, de preferência, dance) para o seu pequeno.

Brincar com o bebê de bruços

Essa é mais uma brincadeira que parece simples, mas que traz consigo excelentes vantagens para a criança, inclusive para o seu desenvolvimento muscular.

Coloque o seu bebê de bruços na cama e ponha alguns objetos na sua linha de visão. Ele, com certeza, vai se sentir estimulado a ir em busca desses objetos e isso será ótimo para fortalecer sua musculatura.

Brincadeiras para bebês de 7 a 12 meses

Entre os 6 e 7 meses, o bebê já está bem firme, consegue sentar sem apoio e já começou a experimentar novos movimentos. Até o paladar está mais diversificado com a introdução das papinhas e suquinhos.

Essa é a hora ideal para começar as brincadeiras que estimulem o senso motor dos bebês. Fique ligado em algumas opções de brincadeiras para essa fase:

Brinquedos de encaixar

Certamente, o seu filho deve ter ganhado de presente um daqueles baldinhos com peças de diferentes cores e formas geométricas. Essa é uma boa hora de começar a usar esse brinquedinho para estimular a coordenação motora dele.

Apresente todas as peças e mostre como elas têm formatos diferentes. Deixe que ele brinque e descubra os formatos.

Mostre também que as peças se encaixam direitinho e caem dentro do balde de acordo com a sua forma. E espere! Quando você menos esperar, ele estará craque na atividade.

Estimulando formas e sons

Outra forma divertida de fazer o seu filho conhecer novos formatos é deixando-o brincar com potes ou caixas variadas. Até potes de plástico (daqueles de cozinha) podem virar um excelente brinquedo nas mãos do seu pequeno.

Deixe-o manusear cada um dos objetos e vá mostrando as diferenças entre cada um deles. Você também pode adicionar um pouco de som à brincadeira, dando-lhe uma colher de pau. Em minutos terá um lindo aprendiz de baterista em casa (e isso desenvolverá naturalmente o seu senso motor).

Incrementando o engatinhar

Engatinhar é uma atividade superimportante para o bebê, pois reforça a sua força e flexibilidade.

Uma boa maneira de dar um upgrade é deixá-lo engatinhar em cima de objetos com diferentes texturas, como tapetes felpudos ou toalhas e lençóis macios. Mas esteja atento para que tudo esteja bem limpo (é claro) e para que o bebê não se machuque.

Você pode fomentar ainda mais o engatinhar do seu filho criando um circuito para que ele faça uma trajeto divertido. Crie um túnel simplesmente enfileirados as cadeiras da sala de jantar e jogando um lençol por cima. Certamente ele vai achar um barato engatinhar por esse lugar inusitado.

Brincadeiras para bebês de 13 a 18 meses

É bem provável que a essa idade o seu bebê já tenha dado os primeiro passos e esteja desbravando cada canto da casa com muita curiosidade e atenção.

Hora perfeita para aumentar o leque de opções de brinquedos e brincadeiras. Veja as nossas dicas.

Interação com a natureza

Incentive o contato direto com a natureza. Leve o seu filho à praia para que ele conheça e brinque com a água do mar e a areia da praia.

Você também pode fazer um passeio no parque e incentivá-lo a pegar nas pedrinhas do chão, na grama ou correr ao vento. Sem falar que brincar nas poças de lama no quintal pode ser uma brincadeira sensacional.

Todos esses são exemplos de atividades que possibilitam o desenvolvimento do senso motor, senso de direção e os sentidos de modo geral.

Brincadeiras grudentas

Você pode fazer brincadeiras sensoriais de uma maneira simples e bem divertida. Deixar seu filho brincar de pregar e soltar bolas de algodão em um pedaço de papel contact pode ser uma brincadeira divertidíssima.

Os tradicionais post-its coloridos são outro exemplo de objeto que podem se tornar brinquedos em atividades deliciosas.

Espalhe post-its de todas as cores no cadeirão do seu pequeno e deixe-o brincar de grudar e desgrudar. Ele vai passar um tempão entretido e ainda vai treinar suas habilidades de pegar objetos, fazendo os famosos movimentos de pinça (com indicador e polegar).

Resumindo: brincar com o seu filho não é nenhum bicho de sete cabeças. Entretanto, essa é mais uma daquelas coisas que exigem muita atenção e sensibilidade dos pais, a fim de que a atividade a ser desenvolvida não estimule demais o pequeno ou se torne enfadonha.

E não se culpe por não ter muito tempo para curtir e brincar com o seu filho. O mais importante é saber aproveitar com qualidade os momentos que vocês têm juntos.

E aí, gostou das nossas sugestões de brincadeiras para crianças e bebês? Então, aproveite e compartilhe esse conteúdo nas redes sociais, afinal tem sempre algum pai ou mãe interessado em melhorar o desenvolvimento e aprendizado do seu pequeno, não é mesmo?

Categorias: Criança

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.