Gravidez

O que você precisa saber sobre as poltronas de amamentação

Toda mãe sabe da importância da amamentação na vida dos filhos. Além de ser um alimento completo com todas as vitaminas e nutrientes, é um gesto de amor que fortalece o vínculo entre mães e seus bebês por toda a vida. Mas para tornar esse momento ainda mais especial (e dar uma ajudinha a todas as mamães), é preciso atentar-se ao conforto. Atualmente já é possível encontrar uma grande variedade de poltronas para amamentação disponíveis no mercado — e se você está comprando o enxoval do seu bebê, não deixe esse item fora da lista. Confira o nosso post e aprenda algumas dicas sobre as poltronas de amamentação.

De olho no conforto

Algumas mães olham somente a parte estética desse móvel, pensando se a poltrona vai combinar com a decoração do quartinho do bebê, no entanto, um item essencial é o conforto. Hoje já é possível encontrar poltronas de diversos modelos, das mais clássicas e neutras, até as mais modernas e criativas, mas um bom suporte para a coluna, uma almofada confortável e uma ergonomia bem planejada são os itens realmente essenciais. Pense em quanto tempo você vai passar nessa poltrona!

Dica: Como amamentar de forma correta?

Sustentação e apoio

Verifique se a poltrona tem boa sustentação e se os braços estão na altura certa para amamentação — nos primeiros meses, quando o bebê é menor, é muito comum a mãe utilizar um travesseiro na hora das mamadas. Além disso, fique atenta à curvatura do encosto, pois você precisa estar com a coluna ereta para evitar futuras dores e desconfortos .

Prefira as poltronas com materiais fáceis de limpar

O sistema imunológico do bebê é bastante frágil nos primeiros meses e o pó acumulado na poltrona de amamentação pode causar algumas alergias do sistema respiratório. Portanto, atente-se à limpeza: as poltronas de couro ou materiais sintéticos devem ser limpas com detergente neutro e pano úmido semanalmente. No entanto, se você optou por poltronas de tecido o ideal é passar o aspirador de pó pelo menos duas vezes na semana.

Pufe auxiliar: abuse desse complemento

Além da poltrona, você também pode investir em um pufe. Ele é ótimo para apoiar os pés e ajuda a descansar o corpo, deixando o período das mamadas mais confortável. Na hora da compra, atente-se apenas à altura do pufe em relação à poltrona: ele deve ser um pouco mais baixo.

Invista em um produto de qualidade e durável

As poltronas são móveis que podem ficar no quarto do bebê mesmo após esse período de amamentação. Portanto, invista em um produto de qualidade, que vai durar bastante. Você pode usá-la para descansar um pouco enquanto olha seu pequeno, para estar perto dele antes de dormir, para brincar com ele no colo ou, quando seu filho estiver mais crescidinho, a poltrona pode ser utilizada como o cantinho de contar histórias — seu filho vai adorar!

Alguns cuidados na hora da amamentação podem deixar esse momento ainda mais cheio de amor, portanto, dedique-se. Respeite os horários do seu bebê e evite amamentar em ambientes tumultuados. Sem dúvidas o quartinho dele é o local ideal. Nos primeiros dias é comum ter um número maior de visitas, afinal, todos querem conhecer o novo integrante da família, no entanto, deixe as visitas na sala e aproveite esse momento com seu filho.

Tem alguma dica para compartilhar com a gente? Como é a poltrona que você usa para amamentar seu filho? Deixe aqui o seu comentário em nossas redes sociais.

Categorias: Gravidez

Tags: ,

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Dra. Mariana Mader Pires de Castro

    Dra. Mariana Mader Pires de Castro

    (CRM: 876879RJ)
    Graduação em Medicina pela Universidade Estácio de Sá;
    Residência Médica em Pediatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
    Residência Médica em Endocrinologia Pediátrica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
    Certificado de Atuação na Área de Endocrinologia Pediátrica (CAAEP)- RJ; Mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.