Gravidez

Conheça 9 alimentos que reduzem o enjoo durante a gravidez

As náuseas na gravidez não livram nem a realeza: Kate Middleton, duquesa de Cambridge, sofreu desse mal-estar em todas as suas gestações. Sentir essas sensações não é nada agradável. Tira-nos o bom humor, o cansaço parece ser maior, a disposição para as tarefas diárias quase nem existe e a vontade é de nem sair de casa.

Porém, você sabia que há alimentos que reduzem o enjoo durante a gravidez? Quer saber quais são eles? Então veja o vídeo abaixo com o Dr. Especialista Luiz Roberto Zitron e acompanhe o artigo!

A razão de os enjoos aparecerem

É bem comum as grávidas apresentarem já nas primeiras semanas o enjoo matinal. Como o próprio nome diz, ele costuma aparecer na parte da manhã, quando a mulher acorda. A expectativa é que esses enjoos desapareçam por completo após a 18ª semana, porém na grande maioria dos casos, a partir de 12 semanas, a maioria das gestantes já observam uma melhora importante do quadro. Contudo, essa é uma característica que se diferencia bastante de gestante para gestante. Há algumas que sofrem com os enjoos durante o dia. Há outras que sentem durante toda a gravidez.

O motivo para isso é, em muitos casos, hormonal. A progesterona e, também, o HCG são vilões para esse caso. Segundo pesquisadores da Universidade de Wisconsin, nos EUA, a ligação entre o hormônio HCG e o enjoo é devido à relação temporal entre o pico das náuseas e o pico de produção do hormônio. Isso ocorre entre a 12ª e 14ª semana de gestação.

Dica: Cansaço, sono, cólicas e enjoos: veja como se resguardar na 6ª semana de gravidez

Já na Universidade de Chicago, outro estudo tenta considerar a hipótese de que existir algumas substâncias na corrente sanguínea da mãe que podem atrapalhar o desenvolvimento do sistema nervoso central do bebê. Os vômitos teriam a função de eliminar essas toxinas. Esse procedimento ocorre nos 3 primeiros meses da gestação.

Outro fator relevante é o olfato, que durante a gravidez, pode ficar mais sensível. Então, um cheiro qualquer é percebido de maneira mais intensa, provocando as náuseas. Ansiedade, estresse e depressão também podem afetar a sensibilidade da mulher com relação aos enjoos. Alternância glicêmica do sangue e movimentos bruscos com o estômago vazio são outros precursores.

Alimentos que reduzem o enjoo durante a gravidez

A alimentação saudável é capaz de aliviar esses sintomas desagradáveis. Para combater o enjoo, procure consumir os alimentos que listados abaixo.

1. Carboidratos de fácil digestão

Torradas, biscoitos de água e sal e macarrão são digeridos mais rápido. Muitas gestantes relatam alívio das sensações quando consomem pela manhã os biscoitos, por exemplo.

2. Chás

O gengibre é reconhecido como um bom digestivo e auxiliador para enjoos. Camomila e menta também ajudam a digerir melhor os alimentos.

3. Frutas cítricas

Podem ser consumidas entre as refeições principais. Outra sugestão é fazer sucos ou gelinhos, com uma forma de gelo.

4. Ácido fólico ou vitaminas do complexo B

Brócolis, rúcula, espinafre, couve e grãos integrais são ricos nessa substância, que é fundamental para as grávidas. Ajudam a evitar enjoo, pois estimulam a formação de ácidos digestivos, colaborando para o esvaziamento gástrico. Também ajudam na formação de tecidos do embrião, como o tubo neural.

5. Potássio

O potássio controla os vômitos, além de evitar também as câimbras. Banana, aveia, amêndoas e beterraba podem ser consumidas para isso.

6. Vitamina B6

Alimentos como peixe, ovos, frango e cereais integrais ajudam a diminuir os sintomas das náuseas.

7. Vitamina C

Limão, laranja, acerola, abacaxi amenizam os enjoos e também fortalecem o sistema imunológico.

8. Cálcio

Espinafre ou iogurtes ajudam no alívio dos enjoos, por serem de fácil digestão. O iogurte, quanto mais natural, sem adição de açúcares e xaropes industrializados, melhor.

9. Água

Manter-se hidratada é primordial para que os hormônios e as funções dos órgãos estejam em equilíbrio, além de ajudar nos enjoos. Leve sempre uma garrafinha de água com você!

Acompanhe cada estágio da sua gravidez com o aplicativo Semanas de Gestação. Clique no banner e acesse gratuitamente:

Conheça 9 alimentos que reduzem o enjoo durante a gravidez

Os alimentos a serem evitados

É aconselhável evitar alimentos muito gordurosos, com muito açúcar, muito condimentados ou apimentados, por terem aceitação mais baixa em um período mais vulnerável para os sintomas de mal estar.

Evitar ingerir líquidos durante as refeições é outro conselho. Esse ato diminui o pH do estômago, e consequentemente o suco gástrico, o que dificultará a digestão.

O consumo de remédios para enjoos

A Febrasgo (Federação Brasileira de Associações de Ginecologia e Obstetrícia) divulgou uma normativa sobre uma nova medicação que não traz riscos para a gestante, por apresentar substâncias mais naturais. Porém, tal medicamento, à base de piridoxina com extrato de gengibre, só pode ser indicado pelo obstetra.

Já os remédios mais tradicionais são, na maioria das vezes, contraindicados. Todavia, a gestante pode pedir recomendações para o médico que faz seu acompanhamento.

Dica: A importância da alimentação saudável durante a gravidez

O momento de buscar ajuda

Apesar de os enjoos serem comuns na gestação, há mulheres que sentem afetar sua rotina. Principalmente quando há vômitos excessivos, o que acometeu inclusive com Kate Middleton. A hiperêmese gravídica é uma síndrome que causa tais sensações de forma bem intensa. Essa condição pode levar à desidratação, perda de peso e distúrbios metabólicos, além de colocar em risco a saúde do bebê.

Como a mulher não consegue se alimentar direito, os nutrientes não conseguem ser absorvidos pelo corpo. Nessa complicação, algumas necessitam de medicação e até alimentação intravenosa. Então, se for o seu caso, veja com o seu médico o que poderá ser feito.

Dicas para evitar os enjoos

Além da alimentação, vale seguir outras orientações, como:

  • tente não ficar muito tempo sem se alimentar — o recomendado é fazer um pequeno lanche a cada 3 horas;
  • não coma de forma exagerada na mesma refeição — se fizer assim, seu estômago pode sentir dificuldade para digerir os alimentos;
  • evite ficar perto de cheiros que lhe desagradam nessa época — há mulheres que se incomodam com cheiro de um determinado perfume, ou até com cheiro de alho sendo refogado. O olfato fica mais sensível e qualquer detalhe pode ser um gatilho para desencadear o mal-estar;
  • faça caminhadas para auxiliar na circulação sanguínea e na digestão;
  • mantenha-se sempre em ambientes ventilados — lugares abafados podem piorar a sensação. O ar fresco ajuda a diminuir o enjoo;
  • concentre-se na respiração lenta e profunda — isso tira o foco da sensação ruim e ajuda a trazer relaxamento.

Clique no banner abaixo e saiba como se preparar para uma gestação tranquila e saudável!

Conheça 9 alimentos que reduzem o enjoo durante a gravidez

A gravidez é uma fase de grandes mudanças. É importante a mulher se cuidar e manter uma vida saudável para que tudo se encaminhe da melhor forma possível.

Caso você tenha gostado dessas dicas de alimentos que reduzem o enjoo durante a gravidez, siga-nos nas redes sociais — Facebook e Instagram — para acompanhar mais de perto as novidades do mundo da gestação.

Categorias: Gravidez , Saúde na gravidez

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.