Criança

4 brincadeiras com bebês de até 6 meses que ajudam no relacionamento com a criança

Os primeiros meses de vida do bebê são os mais intensos para as mamães. Além de enfrentar um turbilhão de emoções, elas devem aprender como cuidar de seu filho, trocar fraldas, amamentar, entender o seu choro e resolver pequenos problemas, como as cólicas.

Em meio a esse furacão de atividades, muitas mulheres acabam não sendo informadas sobre a importância das brincadeiras com os seus bebês. Brincar estimula o laço afetivo entre os pais e os seus filhos, tornando os seus momentos juntos mais prazerosos. Elas também ajudam no desenvolvimento social, emocional e das habilidades motoras, cognitivas e de fala da criança.

Diante disso, listamos algumas brincadeiras para você se divertir e ficar ainda mais próxima do seu filhote! Venha aprender conosco e boa aventura!

As melhores brincadeiras com bebês

Geralmente, o melhor momento para investir nas brincadeiras com o seu bebê é logo após a amamentação ou depois de dormir, assim ele não estará incomodado com a fome ou com o sono. Você também pode aproveitar os momentos favoráveis do banho ou da troca de fraldas para interagir com seu pequeno.

Preste atenção nas suas reações. Se ele gargalhar, ficar observando ou entretida, provavelmente estará gostando da bagunça. Por outro lado, se chora ou mostra impaciência, já é hora de parar ou mudar a brincadeira.

Abuse das músicas e dos sons

Você pode explorar a imaginação à vontade e usar os sons de diferentes formas para se divertir com o bebê. Uma ótima pedida é voltar à infância e relembrar cantigas para cantar para ele, como “Ciranda, cirandinha” ou o clássico “Fui no Itororó”. Essas são ótimas para distrair as crianças e deixá-las mais calmas.

As músicas também são essenciais para o aprendizado na infância. Para tornar a brincadeira ainda mais proveitosa, você pode fazer diferentes vozes enquanto canta, variar o volume, simular o som dos elementos da música e até usar bonecos como personagens.

Converse com o seu bebê

Converse bastante com o seu filhote. Diga para ele o que vai fazer: trocar a sua roupa, amamentar, secar, o importante é falar sobre tudo, ele vai adorar ouvir a sua voz. As conversas são excelentes para tornar o laço mais forte e estimular o desenvolvimento da linguagem.

Outra opção é contar historinhas, sejam elas inventadas, de filmes ou até mesmo sobre o que você fez no seu dia. Da mesma forma que nas canções, você pode adicionar elementos, como fantoches, variações no tom da voz e o barulho de chocalhos.

Brinque com as caretas

Bebês adoram ver o rosto das suas mamães, principalmente quando a boca, os olhos e o nariz estão em movimento. Por isso, não tenha vergonha de abusar das caretas na hora das brincadeiras com bebês. Coloque-o em uma posição em que ele veja o seu rosto de forma completa — cerca de 20 a 25 cm de distância — e faça diferentes caretas.

Nessa brincadeira, você pode arrancar umas boas gargalhadas ou deixar o seu bebê entretido, tentando entender os diferentes movimentos do seu rosto. Além disso, você ajudará a estimular o desenvolvimento dos seus músculos oculares, visto que ele acompanhará a movimentação da sua expressão durante as caretas.

Utilize os objetos

Mostre diferentes objetos para o seu bebê, como brinquedos, mordedores, chocalhos e móbiles, por exemplo. Enquanto estiver apresentando, faça movimentos com o objeto — apertar, girar, morder, balançar — e diga o que eles são como se fosse uma historinha. Ele não entenderá, mas ficará entretido e começará a se familiarizar com os brinquedos e com o seu funcionamento.

Você também pode colocar o objeto próximo ao bebê para que ele fique estimulado a segurar. Mesmo que ele não consiga pegar, isso ajudará na sua habilidade motora. No entanto, preste muita atenção, fique por perto todo o tempo e só utilize objetos que não ofereçam risco para ele.

Viu só como as brincadeiras com bebês são indispensáveis para promover a interação da família, ajudar no seu desenvolvimento e fazê-lo se sentir mais seguro? Solte a imaginação e se deixe levar pelo prazer do momento! Aproveite para conferir também nosso artigo sobre como estimular o desenvolvimento do bebê mês a mês?

Categorias: Criança

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.