Nomes para bebê

6 dicas para não errar na hora de escolher o nome do bebê

Sem dúvida, o momento da escolha do nome do bebê é um dos momentos mais importantes da relação entre pais e filhos. Enquanto há quem já saiba o nome dos filhos quando ainda nem pensava que os teria, muitos pais e mães se perdem em meio as infinitas possibilidades. Mas afinal, o que é um bom nome?

Se você consultar um especialista no assunto, ele vai dizer que um bom nome para o seu bebê é aquele de fácil pronúncia e de escrita. É claro que o desejo dos pais e, principalmente, o bem-estar da criança são fatores muito importantes nesta escolha. Para ajudar nesta tarefa, separamos 6 dicas para que você não erre na escolha do nome do bebê.

Clique no banner e aproveite para experimentar nosso gerador de nomes. Encontre o nome ideal para o seu bebê!

O que considerar antes de decidir o nome do seu bebê

Descubra o significado do nome

A maioria dos nomes carregam um significado. Existem pais que acreditam que o nome escolhido tem o poder der servir como um amuleto que pode trazer sorte ao bebê. Mesmo que você não acredite nessas coisas, vale a pena encontrar o significado do nome escolhido.

Fique atento aos estrangeirismos

Vez ou outra, surge uma onda de inspiração de nomes que vêm de fora do país. O resultado são bebês com nomes impronunciáveis e difíceis de serem escritos. Fique atento à moda dos estrangeirismos. Pense na dificuldade que seu filho terá de pronunciar e escrever o próprio nome no futuro, além do inconveniente de sempre ter que fazer correções por causa da escrita incorreta de outras pessoas.

Dica: Como se preparar para o final da gravidez e amamentação?

Cuidado ao inventar nomes

Muitos pais aproveitam a ocasião da escolha do nome do bebê para apostar na originalidade. Criatividade é sempre bem-vinda, mas existe uma linha tênue que separa o original e bonito do estranho e constrangedor.

Seu filho vai carregar o nome escolhido por toda a vida. Será que um nome exótico será interessante daqui a 20 ou 30 anos? Como o seu filho vai reagir à escolha criativa dos pais?

Dica: 6 peças de roupa que não podem faltar no guarda-roupa do bebê

Escreva e diga o nome e o sobrenome em voz alta

O nome pode ser lindo, mas quando pronunciado em voz alta e combinado ao sobrenome o conjunto pode não soar tão bem quanto no início.

Um exercício simples, mas muito interessante é o de dizer em voz alta o nome completo que você pretende dar ao seu bebê. Repare na pronúncia, na combinação entre nome e sobrenome. Normalmente nomes mais compridos combinam com sobrenomes mais curtos e vice-versa.

Avalie a escolha de um nome como homenagem

O nascimento do bebê também pode ser a oportunidade dos pais em prestarem homenagens à religião ou à tradição familiar, criando uma nova geração de Júnior, Neto e Filho.

Não se esqueça de que o nome é também uma marca de individualidade e pense em alguma alternativa para seguir a tradição e ainda assim preservar a identidade única do seu bebê.

Dica: Faça o Planejamento Financeiro Familiar para a chegada do bebê

Considere os possíveis apelidos

No Brasil, é muito comum usar o diminutivo do nome das pessoas ou criar apelidos a partir do nome. Se você escolher um nome muito longo ou de difícil pronúncia, é bem possível que o seu filho receba um apelido, por isso, não se esqueça de considerar os possíveis apelidos que podem surgir do nome do bebê. Todo o cuidado é pouco para evitar maiores constrangimentos no futuro.

Clique no banner e tenha acesso a todas as orientações que você precisa para que o seu bebê chegue em um ambiente familiar confortável, organizado e muito seguro.

E não se esqueça que o nome escolhido pode mudar no último instante. Quantos pais já tinham um nome definido antes do parto e assim que viram o bebê nascer, mudaram de ideia?

Gostou das nossas dicas? Já tem filhos? Quais foram os critérios que você utilizou na escolha do nome do bebê? Compartilhe conosco nos comentários!

Categorias: Nomes para bebê

Tags: ,

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Dra. Mariana Mader Pires de Castro

    Dra. Mariana Mader Pires de Castro

    (CRM: 876879RJ)
    Graduação em Medicina pela Universidade Estácio de Sá;
    Residência Médica em Pediatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
    Residência Médica em Endocrinologia Pediátrica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
    Certificado de Atuação na Área de Endocrinologia Pediátrica (CAAEP)- RJ; Mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.