Criança

8 cuidados de segurança que você deve ter com o quarto do bebê

A chegada de um filho é um momento especial na vida de qualquer família e todo bebê merece e precisa de carinho e uma dose extra de atenção. Nessa hora, uma das primeiras preocupações para os papais e mamãe que vão receber em casa esse novo e especial morador é a preparação de um quartinho perfeito.

No post de hoje fizemos uma lista com os 8 principais cuidados de segurança que você deve ter com o quarto do bebê. Confira!

1 – Crie um clima aconchegante, mas seguro

A decoração é um dos itens que deve ser escolhido com atenção, buscando não só a beleza, mas também a segurança. As opções são muitas: quartos no estilo tradicional, decorações temáticas, designs modernos e coloridos. Seja qual for o tom que vocês resolverem adotar, não deixe de pensar em deixar seu pequeno seguro.

Apesar de trazerem uma sensação de conforto para qualquer ambiente, os tapetes podem contribuir para a ocorrência de quedas. Além disso, eles podem ser um foco de poeira. Prefira os modelos em tecidos antialérgicos ou em E.V.A., pois são de fácil limpeza, tornam o quarto colorido e ainda ajudam muito na fase em que o bebês estão aprendendo a engatinhar.

Os móbiles também são muito adotados para decorar o quarto dos pequenos. Mas lembre-se de que até eles podem se tornar um risco para o bebezinho. Em caso de acidentes, esse tipo de brinquedo pode causar lesões sérias, por isso, se você não dispensa o uso de móbiles, prefira as versões feitas com tecidos, de preferência antialérgicos, para evitar que seu bebê tenha alergias. Caso ele caia em cima do bebê, o risco de machucar é bem menor.

Se for adotar nichos ou prateleiras, prefira colocar brinquedos leves ou bichinhos de pelúcia antialergênicos. Nada de guardar brinquedos pesados.

2 – Escolha móveis adequados

Obviamente, você vai escolher móveis que sigam o estilo da decoração. Mas não é só isso que deve nortear a sua escolha: novamente, pense também na segurança. Evite comprar móveis com quinas pontiagudas e prefira os com pontas arredondadas, que minimizam os impactos em possíveis acidentes — se o único modelo de móvel que se encaixa na sua decoração tiver pontas, não se desespere, pois você pode colocar protetores de silicone para proteger esse tipo de quina.

Antes de comprar o berço, não se esqueça de verificar se ele tem o selo do INMETRO, pois só assim você terá certeza que o móvel foi testado e é seguro para o seu bebê.

3 – Pense na estrutura

Em geral, as famílias utilizam como quartos de bebê ambientes que antes eram escritórios ou quartos de hóspedes. Esses cômodos costumam contar, portanto, com uma estrutura predefinida. Por isso, é importante dar uma checada geral e fazer as adaptações necessárias.

Aproveite o momento para checar como anda o funcionamento de portas e janelas e se é preciso fazer alguma pequena reforma.

Lembre que em cerca de um ano esse serzinho começará a dar os primeiros passos. E um dos primeiros espaços que certamente ele vai querer explorar será o seu próprio quarto. Por isso, coloque logo protetores e travas em portas e janelas.

4 – Revise a parte elétrica

Outro item que deve ser checado é a parte elétrica. Os pequenos adoram colocar coisas nas tomadas, inclusive os próprios dedinhos, e faz parte do processo de descoberta do mundo. Por isso, os pais precisam antever as situações perigosas.

Não deixe de comprar protetores de tomadas — há modelos transparentes, discretos e quase imperceptíveis, assegurando que os bebês não vão se machucar ali — e verifique também se há fios desencapados. Eles são um perigo não só para a segurança do bebê, mas para qualquer pessoa (e podem até queimar seus equipamentos).

5 – Instale grades e redes de proteção

Os bebês adoram aventuras e chegará uma idade em que subir em tudo será quase inevitável. Por mais que você seja uma mamãe ou papai atencioso, é melhor prevenir a chance de um acidente mais sério.

Aproveite que o bebê ainda não nasceu e instale redes de proteção nas janelas e varandas e coloque grades nas portas o quanto antes. Aliás, essa é uma medida que deve ser adotada em toda a casa. Só assim os papais terão um pouco mais de tranquilidade, independentemente de quem estiver tomando conta da criança.

6 – Pense na ergonomia

Pense com cautela na distribuição dos móveis. Prefira colocá-los próximos à parede para facilitar o deslocamento dentro do quarto — essa dica será muito útil quando você já estiver com o seu bebezinho no colo. Entretanto, evite colocar o berço sob janelas para evitar possíveis escaladas perigosas dos pequenos travessos.

Evite também o excesso de móveis no quarto. Eles podem pesar a decoração e virarem apenas mais uma superfície para acumular poeira. Além disso, é sempre bom deixar um espaço a mais no quarto para os brinquedos depois.

7 – Evite brinquedos dentro do berço

O quarto está todo pronto, arrumado e cheirosinho para receber o seu bebê, e você tomou todos os cuidados necessários para o quartinho ficar lindo e seguro. Mas nos últimos dias, antes do nascimento, você resolveu dar um toque a mais na decoração e colocou alguns brinquedos dentro do berço. Certo? Errado! Aliás, erro grave. Brinquedos dentro do berço são um perigo para a segurança do bebê que, indefeso, pode até sufocar. Deixe o berço livre para que você e o seu bebê possam descansar relaxados.

8 – Faça um checklist final

A chegada de um bebê demanda atenção dos pais para muitas atividades. Uma boa dose de planejamento é indispensável, até mesmo para organizar as finanças da família para a chegada do filho. Por mais que você tenha se informado e planejado, pode ser que um cuidado importante seja esquecido no meio de tantas tarefas que os papais têm a fazer.

Faça um checklist de todos os itens de segurança que vai ter que verificar ao longo do processo de organização do quarto do bebê. Assim, você terá certeza de que nenhum passo importante será esquecido.

Essas são apenas algumas dicas para não errar na montagem do quarto do seu filhote, fazendo com que esse se torne um ambiente charmoso e confortável, mas sem se esquecer da segurança. Quer saber mais dicas de como trazer segurança ao seu bebê? Então, não deixe de acompanhar as novidades em nosso Blog.

Categorias: Criança

Tags: ,

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Dra. Mariana Mader Pires de Castro

    Dra. Mariana Mader Pires de Castro

    (CRM: 876879RJ)
    Graduação em Medicina pela Universidade Estácio de Sá;
    Residência Médica em Pediatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
    Residência Médica em Endocrinologia Pediátrica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
    Certificado de Atuação na Área de Endocrinologia Pediátrica (CAAEP)- RJ; Mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.