Gravidez

Como deve ser a dieta para grávida no segundo trimestre de gestação?

A dieta da gestante é um dos cuidados mais importantes que ela deve ter com sua saúde ao longo dos nove meses de desenvolvimento de seu filho e, se você está lendo este artigo, sabe o quanto valiosas são as informações que os profissionais da saúde lhe passam sobre esse assunto.

Já falamos aqui no blog sobre como deve ser a dieta para grávida no primeiro trimestre de gestação. Agora vamos continuar a série “Dieta da Grávida” e discutir o que deve ser valorizado na alimentação no segundo trimestre da gravidez.

O que muda na dieta para grávida no segundo trimestre? O que deve ser mantido? Confira o artigo e mantenha-se informada sobre esse tema!

Características do organismo feminino no segundo semestre

No segundo trimestre da gestação, o organismo materno se encontra muito mais estabilizado e sentindo menos as mudanças desse processo do que nos primeiros três meses. Muitos costumam dizer que essa é fase mais agradável para a gestante, tanto física e metabolicamente quanto psicologicamente.

Além dos sintomas desagradáveis do primeiro trimestre praticamente cessarem (especialmente as náuseas e a indisposição para comer), a sensação de cansaço extremo melhora e a barriga ainda está em um tamanho que é considerado agradável — e até bastante apreciada — pela mulher. Todos os benefícios dessa etapa são uma consequência da queda dos níveis do hormônio HCG e a regulação dos níveis de estrogênio e progesterona, que estavam alterados desde o início da gestação.

O apetite nesse trimestre também é bem maior quando comparado com o primeiro e o último, e, por isso, essa é a hora para aproveitar e se dedicar fielmente a manter uma dieta perfeita para a gestação.

Dica: A influência da alimentação da gestante na saúde do bebê

A participação da alimentação no desenvolvimento do bebê

Para o bebê, o segundo trimestre da gestação também é uma etapa importante no seu desenvolvimento. Aqui, o período de risco de aborto já pode ser deixado de lado, já que o neném está bem formado e praticamente todos os órgãos e sistemas estão prontos — agora só precisam aumentar de tamanho e funcionamento. Isso significa que no segundo trimestre da gestação, o organismo do seu filho vai focar em se desenvolver e crescer, ganhando peso e forma física. E isso só será possível com a ajuda da sua alimentação.

O cordão umbilical, que é a fonte de nutrição para o seu filho, vai engrossar consideravelmente nessa etapa para ser capaz de transportar o volume ideal de nutrientes para o bebê em desenvolvimento, e o pequeno vai se ajustando cada vez mais ao espaço reservado no interior do útero e em parte da cavidade abdominal. Isso significa que a barriga da gestante vai crescer bastante nessa etapa!

É no segundo trimestre também que o bebê começa a movimentar e a desenvolver certos reflexos, especialmente quando estimulado pelo som ou pelo alimento que a mãe está ingerindo em um determinado momento.

Para saber tudo sobre o processo natural de desenvolvimento fetal, em que a cada semana uma nova capacidade é adicionada ao bebê dentro da barriga, baixe o nosso e-book clicando no banner abaixo:

Orientações dietéticas específicas para o segundo trimestre de gestação

A dieta para grávida no segundo trimestre de gestação deve manter o foco em fornecer todos os nutrientes disponíveis para o bebê, e deve se dedicar também a aumentar a ingestão de cálcio e vitamina D pela gestante. Isso acontece porque os ossos e dentes do bebê estão em franco desenvolvimento nessa etapa, utilizando boa parte da reserva materna desses nutrientes para produzir seus próprios tecidos.

O valor calórico diário que deve ser ingerido pela gestante também aumenta nesse trimestre. Como o foco do metabolismo fetal é crescer, a necessidade energética do bebê — e, consequentemente, da futura mamãe — cresce muito. Devem ser ingeridas, portanto, entre 300 e 500 calorias a mais por dia, bem distribuídas entre todos os grupos de alimentos.

Aproveite a melhora do apetite e a maior ativação das papilas gustativas nessa etapa da gravidez para colocar a ingestão calórica em dia! E evite fazer dietas restritivas por medo dos quilinhos a mais — que são naturais nesse processo. Como reforçamos no artigo sobre o primeiro trimestre, a gestação jamais deve ser um momento para se preocupar com o ganho de peso, somente se ele for excessivo e prejudicial para sua saúde.

Dica: 7 dicas de alimentação saudável para gestantes

Aumente também o consumo de ferro, potássio e vitaminas do complexo B durante os próximos três meses. Seu bebê vai precisar de todos esses substratos para garantir o crescimento correto e saudável dentro do seu útero. Vale a pena reforçar também que o uso da suplementação vitamínica nessa etapa ainda é importante.

Por último, porém não menos importante, não se esqueça de valorizar a hidratação. O volume de água que as gestantes ingerem deve sempre ser observado de perto pelo nutricionista e pelo médico para evitar, além dos quadros de desidratação, sintomas como a constipação intestinal, as dores musculares e de cabeça e também as tonturas tradicionais dessa fase.

Atente-se sempre ao que deve ser evitado

Não é porque o risco elevado de aborto espontâneo foi deixado para trás que você deve deixar de se preocupar com os produtos e alimentos que não podem ser ingeridos durante toda a gestação. Apesar do segundo trimestre ser uma fase segura da sua gravidez, um produto contaminado ou a ingestão elevada de algum composto químico pode sim afetar a qualidade da sua saúde e, é claro, o desenvolvimento correto do seu filho.

Por isso, continue cortando da sua lista as carnes cruas, os vegetais e legumes mal cozidos, os embutidos, os alimentos industrializados e evite o álcool e a cafeína. Adicione a essa lista alguns hábitos que jamais devem fazer parte de sua rotina, como o tabagismo, o sedentarismo ou a prática excessiva de atividades físicas. Lembre-se de que mesmo no segundo trimestre, todo cuidado com a sua saúde ainda é pouco perto do que você deve fazer para a saúde do seu pequeno.

Se você chegou ao segundo trimestre da gestação, parabéns! Uma grande vitória foi conquistada até aqui. Continue seguindo atentamente a dieta para grávida que estamos recomendando aqui no blog para ter uma gestação de qualidade até o último mês de vida uterina do seu filho.

As decisões que você toma durante a gravidez impactam na saúde do seu filho e têm muita relação com a sua qualidade de vida. Por isso, preparamos um material com dicas valiosas do que você pode fazer agora pela saúde do seu bebê. Clique no banner abaixo:

Categorias: Gravidez , Segundo trimestre de gravidez

Tags: ,

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Dra. Juliana Torres Alzuguir Snel Corrêa

    Dra. Juliana Torres Alzuguir Snel Corrêa

    (CRM: 5279398-1)
    Residência Médica em Ultrassonografia Obstétrica e Geral;
    Ginecologia Infanto Puberal (criança e adolescente);
    Atua como ginecologista obstetra há 12 anos.

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.