Gravidez

Como saber que estou grávida?

A gravidez é um momento mágico na vida de uma mulher e muitas esperam por ela com ansiedade, no entanto, também não é raro que isso possa acontecer quando a gente nem está programando. Independente do caso, o fato é que descobrir se você está mesmo grávida depende de conseguir identificar uma série de fatores que, muitas vezes, podem causar algumas dúvidas, especialmente em mamães de primeira viagem.

Antes de ir ao médico para confirmar suas suspeitas, é bom prestar atenção a alguns sintomas que podem indicar um bebê a caminho. Acompanhe:

Atraso no ciclo menstrual

O primeiro e mais clássico sinal que a maioria das mulheres repara é o atraso da menstruação. Especialmente para aquelas que possuem ciclos bem regulares, esse é um forte indício de gravidez, embora não possa ser considerado definitivo. Fatores hormonais, alimentares e até psicológicos podem atrasar o seu ciclo, mas esse é um sintoma que não pode ser desconsiderado. Se ocorrer, é hora de fazer um teste e procurar seu médico.

Dica: 4 dicas para lidar com as mudanças que a gravidez traz para o corpo da mulher

Enjoos

Enjoos e náuseas são sintomas muito comuns na gravidez, especialmente nos três primeiros meses. É um quadro clássico e pode ocorrer até em fases mais prematuras, surgindo a qualquer hora do dia — e especialmente mais graves quando o estômago está vazio. Se você anda se sentindo enjoada sem nenhuma explicação aparente, é bom procurar um médico.

Fome fora de hora

Quem nunca ouviu falar sobre os famosos desejos da gravidez? É um clichê, mas o fato é que isso realmente pode indicar que há um bebê vindo aí! Embora não seja um dos sintomas mais confiáveis, supõe-se que isso seja um mecanismo da natureza para mostrar que o organismo está precisando de certos nutrientes. Essas vontades podem surgir em horários estranhos, como de madrugada, ou se manifestar com a impressão de que o estômago está com um “buraco” a ser preenchido. Está com vontades estranhas, querendo comer coisas muito diferentes ou combinações que parecem bizarras? Vale fazer um teste.

Mamilos mais escuros

Os mamilos costumam se alterar bastante durante a gravidez. A pele da aréola pode ficar mais escura e a vascularização da região aumenta, deixando os vasos sanguíneos mais visíveis. O mesmo sinal vascular pode ocorrer nas mãos e pés e, se houver outro sintoma de gestação associado, é hora de desconfiar.

Dica: Gravidez semana a semana: tudo o que você precisa saber – Parte I

Sangramentos e cólicas

Pode ser que mesmo grávida você tenha alguns sangramentos e cólicas, que podem ser erroneamente confundidos com a chegada da menstruação. Mas isso é apenas um sinal de que o óvulo fertilizado está se prendendo à parte interna do útero, o miométrio.

Vontade de fazer xixi toda hora

Se você não sentia tanta vontade de ir ao banheiro e de repente não consegue ficar muito tempo sem fazer xixi, é bom ficar de olho. A implantação do óvulo fecundado começa a produzir o famoso hormônio HCG, que contribui para idas mais frequentes ao banheiro. Fique atenta se começar a levantar muito para fazer xixi à noite, especialmente se isso nunca tinha acontecido antes.

Esses são alguns dos sintomas que podem indicar uma gestação em curso. Se você apresentar um deles ou mais (ou todos juntos), é hora de procurar o seu médico e conversar sobre o que tem sentido. Ele, melhor do que ninguém, saberá o que fazer e provavelmente pedirá um exame para testar seus hormônios e assim confirmar suas suspeitas. Esse período é intenso e cheio de ansiedades, dúvidas e medos, mas quanto antes você souber, melhor pode conduzir esse processo para que você e seu bebê tenham um desenvolvimento saudável e feliz.

Acompanhe abaixo cada estágio do período da gestação, além de solucionar diversas dúvidas que envolvem esse momento único.

Anda desconfiando que você pode estar grávida? Já passou por uma suspeita de gravidez? Conte pra gente como foi em nossas redes sociais!

Categorias: Gravidez

Tags: ,

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Dra. Juliana Torres Alzuguir Snel Corrêa

    Dra. Juliana Torres Alzuguir Snel Corrêa

    (CRM: 5279398-1)
    Residência Médica em Ultrassonografia Obstétrica e Geral;
    Ginecologia Infanto Puberal (criança e adolescente);
    Atua como ginecologista obstetra há 12 anos.

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.