Células-Tronco

A coleta de células-tronco do cordão umbilical é dolorosa para o bebê?

Se você tem filhos ou planeja ter, provavelmente já ouviu falar da coleta de células-tronco do cordão umbilical. São muitas as notícias relatando os avanços e potenciais novos tratamentos utilizando essas células tão valiosas — e cada vez mais profundamente pesquisadas. Apesar de todos nós produzirmos essas células durante toda a vida, as células-tronco do cordão umbilical apresentam uma série de vantagens versus as células-tronco adultas, sendo uma das principais exatamente a forma simples e indolor que são coletadas.

Mas muitas mamães e papais ainda tem dúvidas sobre o processo de coleta das células-tronco do cordão e isso pode pesar na decisão de contratar o serviço ou não. Por isso, vamos esclarecer uma das mais importantes neste post. Confira!

A coleta de células-tronco é dolorosa para o bebê?

Não. Não há dor para o bebê e nem para a mãe. Isso porque, diferente do procedimento realizado em adultos, não há necessidade de procedimentos anestésicos ou de incisões adicionais no corpo da mãe ou do bebê. Existe uma grande quantidade de células-tronco tanto no sangue, quanto no tecido do cordão umbilical e o parto é um momento único para realizar a coleta dessas células.

Esclareça todas as dúvidas sobre o armazenamento das células-tronco do seu bebê. Confira o banner abaixo:

O sangue e o tecido do cordão umbilical são coletados imediatamente após o nascimento do bebê e sua completa separação do cordão umbilical. A coleta pode ser feita tanto em partos normais como em cesarianas, através de um procedimento totalmente indolor.

Por que realizar a coleta de células-tronco do cordão umbilical?

As células presentes no sangue do cordão umbilical são usadas como opção terapêutica para o tratamento de doenças relacionadas ao sangue há mais de 20 anos, além de serem alvo de pesquisas de outras diversas doenças.  Essas células apresentam algumas vantagens versus outras células tronco adultas, como por exemplo as da medula óssea.  Confira algumas das vantagens abaixo:

  • As células-tronco do cordão umbilical são mais imaturas, o que permite uma menor compatibilidade entre o doador e o paciente para que o transplante seja bem-sucedido.
  • A probabilidade de complicações pós transplante é menor do que a das células-tronco da medula de outro indivíduo; por apresentar menos doença do enxerto contra o hospedeiro.
  • Sua coleta é simples, não invasiva, além de ser totalmente indolor e de não oferecer riscos para a mãe ou para o bebê.
  • Uma vez coletadas, as células serão processadas e posteriormente criopreservadas, ficando disponíveis para uso.

Dica: Mitos e fatos sobre o sangue do cordão segundo a Cord Blood Association (EUA)

Quais doenças podem ser tratadas?

A célula-tronco do sangue do cordão é um material rico que pode ser usado no tratamento de mais de 80 doenças, incluindo leucemias, falências medulares e outras doenças hematológicas.

As pesquisas também são animadoras e envolvem o tratamento de paralisia cerebral, autismo, doença de Crohn, diabetes tipo 1, lúpus eritimatoso sistêmico e esclerose múltipla, artrite reumatoide, infarto do miocárdio e muitas outras. Apesar de estarem em fase de teste, acredita-se que parte desses tratamentos possam estar disponíveis em alguns anos caso apresentem os resultados esperados, o que nos leva a próxima pergunta:

Conheça mais sobre nossos planos de coleta e armazenamento via WhatsApp!

Durante quanto tempo é possível armazenar as células-tronco do cordão umbilical?

Uma vez processadas e analisadas, as células-tronco passam pela criopreservação, um processo de congelamento usando nitrogênio que reduz a temperatura da amostra gradualmente até atingir a temperatura de -196ºC.

A literatura científica atual relata a viabilidade de células-tronco do sangue do cordão umbilical criopreservadas há mais de 24 anos. Isso sugere que, uma vez criopreservadas nas condições corretas, as células-tronco podem permanecer viáveis por tempo indefinido.

Então, mesmo após muitos anos, o material estará pronto para uso no momento que houver necessidade, podendo ser utilizado não apenas pelo bebê, mas também por familiares diretos que forem compatíveis.

Interessou-se pela coleta de células-tronco do cordão umbilical? Gostaria de explorar a possibilidade e aprender mais sobre o assunto? Então, confira o guia gratuito Tudo sobre células-tronco do cordão umbilical e tire suas dúvidas com dos consultores especialistas.

Categorias: Células-Tronco

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.