Criança

Entenda a importância do banho de sol para em recém-nascido

Uma rotina prazerosa e saudável na vida da nova mamãe é a do banho de sol em recém-nascido. A prática garante o prazer de estar proporcionando ao bebê momentos de descobertas ao ar livre e a saúde, por favorecer todos os benefícios que os raios solares são capazes de causar.

O sol estimula a produção de vitamina D, que já é tida como um pró-hormônio para muitos médicos e, quando em quantidades ideais, apresenta inúmeras vantagens, como: desenvolvimento e fortalecimento dos ossos e prevenção de diabetes, icterícia, depressão, doença cardiovascular etc.

Contudo, é preciso seguir algumas dicas para que o bebê seja exposto da forma adequada e não prejudique sua pele ainda sensível. Acompanhe a leitura!

Banho de sol em recém-nascido e sua importância

A vitamina D, também chamada de colecalciferol, é tida como um hormônio esteroide e tem uma importante função de regular a homeostase em nosso organismo. Nos últimos anos, muitos estudos têm sido feitos sobre essa vitamina, cuja deficiência é vista como um problema de saúde pública mundial.

Embora a vitamina D seja encontrada em diversos alimentos e seus nutrientes possam ser passados pela mãe durante a amamentação, ela é encontrada em pequenas quantidades no leite materno. É por meio da exposição solar direta a forma mais eficaz de conseguir que qualquer pessoa aumente os níveis da vitamina D.

O sol é muito importante para todos, mas para o recém-nascido ele tem as vantagens de:

  • auxiliar no crescimento saudável dos ossos e dentes;
  • aumentar a absorção de fósforo e cálcio;
  • evitar o raquitismo e, assim, o retardo no crescimento e deformidades ósseas;
  • diminuir a bilirrubina, substância que quando em excesso provoca icterícia;
  • aumentar a imunidade e combater gripes, resfriados e doenças autoimunes;
  • diminuir a predisposição a desenvolver depressão;
  • reduzir a incidência de doenças cardiovasculares durante a vida;
  • aumentar a produção de renina, o que previne o diabetes;
  • ajudar no desenvolvimento cognitivo, tendo um cérebro saudável;
  • auxiliar na prevenção de câncer.

Dica: Como cuidar do bebê recém-nascido em pleno verão?

Assim que o bebê chega da maternidade, caso não haja restrição médica, ele já pode começar com o seu banho solar, o que, como você viu, fará muito bem para a saúde do recém-nascido. Basta que o responsável siga algumas recomendações nesse momento.

Alguns cuidados ao recém-nascido tomar sol

É normal que surjam receios e dúvidas se a exposição do bebê tão novinho ao sol não poderia prejudicá-lo de alguma forma. Alguns pais, por não se informarem bem, acabam limitando demais a criança e a impedindo de usufruir dos benefícios que alguns minutos de exposição ao sol poderiam contribuir.

Fique de olho no horário da exposição

O tempo recomendado é de 5 a 10 minutos diários. Todavia, não é em qualquer momento que a criança pode ficar exposta: sua pele ainda é frágil e é preciso evitar queimaduras e o desenvolvimento de um câncer de pele.

Os horários mais apropriados são antes das 9h da manhã ou após as 17h, pois o sol não está tão forte nem emitindo tantos raios ultravioleta. Nos horários entre 11h e 15h, a radiação UVB pode ser prejudicial não só às crianças, mas também aos adultos.

Não use o protetor solar

O filtro solar só é recomendado, por alguns pediatras, a partir dos 6 meses de idade. Assim, recém-nascidos não devem fazer uso dele por enquanto. O não uso ainda aumenta a absorção do sol e, consequentemente, a produção da vitamina D. Como o tempo de exposição será pouco, não é preciso se preocupar com as queimaduras, mas siga os horários adequados.

Preparamos um guia para te ajudar nas primeiras semanas de vida do seu bebê. Confira no banner abaixo:

Acompanhe o clima

O tempo no país pode ser bem diferente de uma região para outra. Assim, além de seguir o melhor horário, é preciso ficar de olho em como o clima está. Regiões com temperatura mais baixa, ainda que tenham sol em parte do dia, podem ter ventos frios que prejudicam a saúde do recém-nascido, causando gripes e resfriados.

Alguns estados com clima mais elevado e que usam o horário de verão podem causar um desconforto no bebê, ainda que siga a hora e o tempo recomendado. Assim, avalie o que pode ser mais agradável para o recém-nascido.

Proteja a cabeça do bebê

Principalmente em regiões com sol intenso, é recomendado proteger o rosto do bebê. O rosto e a cabeça, por serem mais sensíveis, não devem ainda pegar o sol direto. A claridade também pode incomodar o bebê, que pode ter dificuldade em abrir os olhos e enxergar.

Prefira a exposição direta

A absorção é mais eficaz se o recém-nascido for exposto diretamente ao sol do que receber os raios através de um vidro. Dê preferência a lugares abertos, amplos e com poucas pessoas próximas, pois, por ele ainda não ter tomado todas as vacinas, não está imune a diversas doenças, vírus e infecções.

Dica: O que esperar na primeira semana após a chegada do bebê?

Retire o excesso de roupas

Pelo mesmo motivo explicado acima, cobrir todo o bebê com roupas não é tão eficaz para ele absorver os raios solares. A menos que você more em um lugar de clima frio, retire o que estiver em excesso. Isso também evita que o bebê sinta muito calor quando estiver pegando sol.

Mude o bebê de posição

Não se esqueça das costas, por exemplo. Controle e divida o tempo, mudando o recém-nascido de posição, para que ele pegue sol em cada parte do seu corpo. Vá retirando suas roupas aos poucos.

Outros cuidados ainda podem ser os seguintes:

  • mantenha o bebê hidratado, com água ou leite materno;
  • perceba se a pele dele está tendo alguma reação, como ficando mais avermelhada ou com brotoejas;
  • preste atenção se o recém-nascido parece estar irritado durante a exposição ou com a pele mais sensível.

Em caso de dúvidas ou preocupação, procure o pediatra da criança. Não passe loção ou dê algum remédio por conta própria.

Se você estiver de licença-maternidade e com condições, aproveite esse tempinho para você também tomar o seu sol diário, pois você, como lactante, também precisará desfrutar das vantagens de estimular a vitamina D no organismo e manter-se forte e saudável.

O banho de sol em recém-nascido é muito importante e precisa ser feito diariamente. Assim, você cuida do desenvolvimento da sua criança, prevenindo-a de inúmeras doenças ao longo da vida.

Compartilhe este post com seus amigos, para que mais pessoas conheçam os benefícios do sol para o bebê.

Categorias: Criança

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Dra. Mariana Mader Pires de Castro

    Dra. Mariana Mader Pires de Castro

    (CRM: 876879RJ)
    Graduação em Medicina pela Universidade Estácio de Sá;
    Residência Médica em Pediatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
    Residência Médica em Endocrinologia Pediátrica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
    Certificado de Atuação na Área de Endocrinologia Pediátrica (CAAEP)- RJ; Mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.