Curiosidades da gravidez

4 dicas essenciais de como evitar e tratar espinhas na gravidez

Uma das dúvidas mais frequentes entre as gestantes de plantão é: como tratar espinhas na gravidez? Isso porque durante a gestação o corpo sofre com uma série de mudanças hormonais, aumentando os níveis de estrógeno e progesterona, além de outras alterações na circulação do sangue, imunidade e metabolismo.

Juntos, esses fatores estimulam o surgimento de imperfeições na pele, como a acne, manchas e inflamações. Mas a boa notícia é que, investindo em práticas simples no seu dia a dia, é possível contornar o problema e manter uma cútis lisa e bela.

Quer saber como? Para ajudá-la a acabar de vez com esse incômodo e curtir essa fase da vida sem preocupações, criamos este post com dicas de ouro para evitar e tratar as espinhas durante a gravidez. Confira!

1. Use filtro solar

A primeira dica para as futuras mamães que desejam evitar espinhas na gravidez é usar protetor solar diariamente. Isso mesmo! Dê preferência aos produtos oil free, ou seja, sem óleo em sua composição.

Esse detalhe ajudará a diminuir os níveis de gordura da pele, mantendo a superfície sempre seca e aveludada. Além disso, antes de escolher o filtro solar, é importante que a gestante preste atenção em outros elementos químicos do produto.

Explicamos: durante a gravidez, alguns hormônios se tornam mais ativos e, quando entram em contato com determinados componentes, podem causar reações prejudiciais à saúde da mulher e do bebê. As substâncias presentes nos cosméticos que devem ser evitadas durante esse período são:

  • 4-metilbenzildeno cânfora (4-MBC);
  • octocrileno (OC);
  • 3-benzilideno cânfora (3-BC).

Fique atenta!

2. Não utilize maquiagem em excesso

Engana-se quem imagina que a acne na gravidez surge somente por conta das alterações hormonais. Podemos dizer que há um tipo de espinha cosmética, que se dá devido ao excesso de maquiagem ou cosméticos de baixa qualidade aplicados na pele. Quando utilizados com frequência, esses produtos ajudam a obstruir os poros da face, prejudicando — e muito — o quadro de acne.

Dica: Preocupada com a saúde do seu bebê? Comece pela atenção à gravidez!

Como fugir desse problema? É fácil: ao escolher os seus itens de maquiagem, prefira as opções formuladas à base de água. Também é importante não aplicar maquiagem em excesso, deixando a cútis respirar na maior parte do tempo.

Ao fim do dia, não se esqueça de lavar bem o rosto. Remova toda a maquiagem com um produto específico para essa finalidade — o demaquilante, de preferência, sem óleo. Em seguida, vale a pena higienizar a região com um sabonete facial suave e aplicar um hidratante, recomendado pelo seu dermatologista.

Essa rotina de cuidados ajudará a eliminar todos os resquícios de maquiagem, permitindo que os seus poros fiquem desobstruídos e a pele permaneça mais saudável.

3. Consuma alimentos integrais

Você sabia que o consumo de determinados alimentos podem intensificar o aparecimento de espinhas na gravidez? Esse é o caso dos ingredientes que têm um elevado índice glicêmico, estimulando assim, a produção de gordura na pele.

Como exemplo, podemos citar: o pão feito de farinha branca, biscoitos, batata, bolos, uva, farinha de milho e de mandioca. O ideal é que a mulher procure um nutricionista, especializado em gestantes, para indicar a melhor dieta que deve ser mantida ao longo desse período.

Outra dica é priorizar a ingestão de cereais integrais e ingredientes com grande concentração de ômega-3, que auxiliam na regulagem do açúcar no sangue e diminuem o processo inflamatório na pele. Veja abaixo quais são eles:

  • alimentos integrais: arroz integral, aveia, quinoa e macarrão integral;
  • ricos em ômega-3: salmão, atum, sardinha e linhaça;
  • sementes poderosas: semente de abóbora e chia;
  • fontes em vitamina A: cenoura, manga, mamão e espinafre.

Preparar-se para uma gestação tranquila e saudável de forma simples! Confira no banner abaixo:

4. Utilize soluções caseiras

Mesmo seguindo as dicas anteriores, você ainda está se incomodando com a presença da acne? Sendo assim, há a possibilidade de adotar alguns truques diários na sua rotina para tratar esse problema na gravidez.

Lembre-se: a maioria desses tratamentos são indicados para as mulheres que sofrem com a acne de grau leve. Caso as espinhas persistam no seu rosto, não hesite em procurar o acompanhamento de um dermatologista. Existem muitos tratamentos e medicações que são permitidas na gravidez, mas devem ser sempre indicados pelo especialista. A seguir, listamos as soluções caseiras comumente utilizadas pelas gestantes. Dê uma olhada!

Gel de babosa

Poucas pessoas sabem, mas o gel presente no interior da babosa é um poderoso remédio natural para quem deseja melhorar o aspecto do cabelo e da pele. Rico em aloe vera, esse componente apresenta ativos antibacterianos e anti-inflamatórios, sendo uma alternativa extremamente eficaz para purificar e cicatrizar as espinhas, bem como eliminar profundamente as impurezas presentes na pele.

Máscara de arroz

Outra receita imbatível para eliminar espinhas na gravidez é a máscara de arroz. Utilizada desde séculos passados, essa alternativa é uma excelente fonte de vitamina B1, B2 e E. Todos esses componentes têm ações de limpeza e propriedades capazes de desintoxicar e hidratar a cútis. E tem mais: outro benefício interessante está no seu poder de suavizar e clarear as manchas do rosto. Vale a pena!

Dica: Cosméticos para grávidas — Afinal, o que pode e o que não pode?

Suco de cenoura

Por ser uma rica fonte de vitamina A, a cenoura apresenta em sua composição uma substância chamada betacaroteno — um elemento fundamental para cuidar da pele, da saúde dos olhos e dos ossos.

Outro benefício desse ingrediente está na sua grande concentração de potássio. Quando encontrado em baixa quantidade no organismo, este mineral faz com que a pele fique mais seca, estimulando o surgimento de espinhas e, inclusive, causa uma série de espasmos musculares.

Como evitar o problema? Simples: tome um copo de suco de cenoura, com pouco açúcar, diariamente. Atenção! Essa dica não deve ser seguida por pessoas diabéticas, uma vez que a cenoura é composta por um grande índice de açúcar.

Após as nossas sugestões ficou mais fácil prevenir e tratar espinhas na gravidez, não é? Se você optar por um tratamento mais intenso, não se esqueça de procurar um médico para verificar se a alternativa escolhida é indicada para mulheres grávidas.

Muito cuidado com o limão

Você provavelmente já ouviu do uso do limão para tratar acne, pois é um ingrediente natural e com alta concentração de vitamina C. Mas muito cuidado com essa dica! Há relatos médicos de que o limão pode causar muitas reações na pele, muitas lesões graves, inclusive de queimadura química, mesmo sem exposição ao sol. O cuidado deve ser redobrado na gravidez, onde há riscos de formação de melasma em algumas mulheres, mesmo sem exposição solar. É fundamental que você converse com o seu médico sobre esse, ou qualquer tratamento, pois mesmos os tratamentos naturais ou caseiros podem apresentar riscos.

Gostou do nosso post e quer se aprofundar no assunto? Confira também como tratar manchas de pele durante a gravidez!

Categorias: Curiosidades da gravidez , Gravidez

Mais de 100.000 mães acompanham nosso conteúdo!

    Caro Leitor,

    A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.